domingo, 9 de março de 2008

Nina

Eu não estava exatamente querendo escrever sobre isso porque apesar de achar o máximo às vezes, em outras eu só consigo pensar que só arranjei mais trabalho para todos aqui em casa...
(Ainda mais num momento crítico como esse em que eu tenho duas crises existenciais por semana e mamãe viaja a cada dois dias...)
Mas então.
A verdade é que...
Eu tenho duas gatas aqui em casa agora, hohoho! E...
Hum.
Eu estava voltando da terapia, sabe, e...
Bem, tinha uma gatinha dormindo na rua...
Tão faminta e suja...
Cheia de sarna, e a orelha bem machucada...

E agora ela tá aqui em casa e se chama Nina!!!
Levei-a ao veterinário, dei dois banhos nela, separei uma bacia para a areia dela e ela até dormiu na minha cadeira de balanço de brinquedo...!
Mas quem não está gostando nada disso é Gata, que se recusa a voltar à cozinha e passou dois dias sem fazer cocô e xixi. (Aliás, o momento em que eu consegui que ela fosse até a bacia dela - que eu lavei e troquei toda a areia, para ficar sem o cheiro da Nina - e enfim admitisse a sua necessidade com certeza foi um dos mais felizes da minha vida! Corri para mamãe e abracei-a loucamente, enquanto dizia "Ela fez cocô, enfiiiiim!!!")

3 comentários:

Irlan disse...

Ahhhh, ainda bem que tem pessoas que cuidam dos animais, assim como vc.
Hoje mesmo eu vi uma gatinha na rua, na verdade, estava na estrada...
Enfim, falei pro meu pai q estava no volante,
- pai vamo levar pra casa?!
Ele:
-esqueceu do Spock?

Infelizmente meu cachorro não ia gostar nenhum pouco, e minha mãe muito menos.
"/

gabi disse...

Você me lembra uma amiga minha que é louca por gatos! Ela também tem uma gata que se chama Nina :)
beijo

Irena disse...

Tenho uma amiga que já fez isso, mas só que com uma cadela. A mãe dela costuma a dizer:
- Pipoca você tirou a sorte grande!
Pipoca é o nome da cadela.
No meu caso, acho que não tenho conseguido nem me salvar, quem dera ajudar uma gata!