sexta-feira, 28 de novembro de 2008

Meio-dia

Eu estava calmamente esperando pelo meu ônibus na parada quando um vendedor de picolé para para conversar com o cara que também esperava calmamente pelo ônibus dele. O vendedor falou, falou, e eu fiquei com uma certa invejinha de uma simpatia de pessoa assim estar falando com um cara qualquer e não comigo! Olhei, olhei, olhei tanto que, quando ele desistiu de conversar com o rapaz sem receber resposta, me escolheu como alvo! Aí, depois de me assustar um tantinho, notei que:
1) Ele tinha o olho azul
2) Ele tinha a pele morena com uma doença de pele do lado direito do rosto, meio à la pano branco
3) Ele era um banguela e só tinha, na frente, os dois caninos de cima
Ou seja: ELE ERA UM VAMPIRO!!! Se liguem: olho azul, por que, claro, quem é que já ouviu falar de vampiro tupiniquim? E a doença de pele também é perfeitamente explicável, que tipo de vampiro pode se expor à luz do sol sem sofrer algum dano?! Para piorar, ainda tinha os dentes.
Mas não, não parou por aí.
Como eu falei, eu tava morrendo de inveja de vê-lo conversar com o rapaz do lado (isso foi antes de eu perceber a verdade, claro!), deixa que logo depois nem tive mais motivo pra isso porque ele decidiu que eu era uma ouvinte mais atenta. Pois ele começou a falar sobre como só era homem quem matava, porque quem liga para os mortos, se eles foram fracos demais para morrer?! Só os assassinos têm valor, eles têm coragem e são sagazes e sabem defender a própria vida! Ora, ora, covardes os que se deixam matar, esse mundo devia ter só gente capaz de matar, todos os outros são uns imprestáveis, etc, etc, etc. Eu vi um cara que assassinou outro e passou dois anos na cadeia. O que morreu, ah!, já se passaram 16 anos e nada dele! Etc.
Que tipo de conversa seria essa senão a de uma pessoa que bebe sangue à meia-noite e só não está dormindo num caixão nesse exato momento porque, bem, tem que atrair as criancinhas com seu carrinho de picolé para garantir a merenda, hein?! Pode confirmar!

8 comentários:

*Lusinha* disse...

Eu também mudaria o caminho, com certeza.
Bjitos!

adivinhaquemé disse...

Ele é seu Edward Cullen, migzx. Vai fundo!

Luisa disse...

Fazia tanto tempo que eu nãp ria com um post, Jana!
hauhauha
Obrigada por me ajudar a descontrair, tava quase morrendo de estresse!

Nath Fontes disse...

uhauhahuahuahuahahuahu ! xD
só pode ser vampiro! magina esse cara comendo uma maçã! xD
sabe deus o que tinha no picolé dele ne :O
amei seu blog, muito lindinho e seus textos sao gostosos de ler ! (:
beeeijos

gabi disse...

Essa história dos assassinos definitivamente me deixaria com medo! :|

Patricia disse...

Kkkkkkkkk....nossa que bizarro mesmo. eu sairia de perto de um cara desses.
Deve ser vampiro mesmo...rs
Bjooo

Anna disse...

Vai que Edward Cullen estava passeando por aí e trombou com, sei lá, o Alexandre Frota e dessa fusão surgiu o vampiro a la Brasil?
haha, só rindo.
E depois de ouvir essas coisas eu já teria saído correndo.
O link tá ótimo, meu bem, obrigada pela lembrança, te linkei tb.
Beijos

Nicas disse...

Muuuuuito entrevista com vampiro!
Adorei!