domingo, 2 de agosto de 2009

Se não for devagar que ao menos seja eterno assim

AMO MÓVEIS OH MEU DEUSNem sei por onde começar, ah meu deus, tanta coisa pra falar acumulada, tanta informação, aaaahhhh! Vamos ver, vamos ver, estou levemente elétrica e (oh! 18:18!) agitada, mas vou tentar me acalmar o suficiente para pensar num segundo parágrafo mais coeso!
Fui ao show mais incrível que eu poderia jamais esperar. Foi incrível, sei lá, incrível. Pulei tanto, dancei tanto, nem sabia que eu era capaz de tanta animação, de tanta extroversão pública! Mas lá tudo o que importava era a música genial e eu que não conseguia parar de me mover, de me encantar, nem conseguia me tocar de que uma hora aquilo ia acabar e que existe uma realidade me esperando depois daquela fantasia. Mas eles tocaram Adeus, acabou, e só restou a lembrança e umas canelas extremamente doloridas dos pulos que eu não conseguia parar de dar mesmo que quase não conseguisse dá-los.
Isso foi dia 31, mas dia 31 também foi especial por outros motivos, aniversário de Harry Potter e de uma fulaninha companheira muy adorável! Não tinha como esquecer, inclusive porque meu segundo contato com Móveis Coloniais de Acaju, a incrível (só conheço esse adjetivo!) banda do incrível (e continuo insistindo nele!) show, foi através dela. E é engraçado que, quando primeiro conheci o blog dela, não dei muita atenção, mas de repente estava fazendo uns comentários tão gigantescos e espontâneos que, ei!, tem algo especial aqui! Agora é umas das minhas leituras favoritas.
Juntei essas duas imensas alegrias e fiz um desenho tentando sintetizar (e não conseguindo, naturalmente) o meu imenso prazer com uma amizade e com algumas horas bastante especiais e envolventes. Sempre quis fazer esses desenhos malucos de multidão e, tchans, olha aí um desenho que veio todo natural! Identifiquem aí eu, minha amiga amor que me acompanhou, dona Luisa e até, OH!, o Wally. Sem contar com alguns integrantes do grupo (não fiz o baterista que faz aniversário no mesmo dia que eu!!!), destaque para André Gonzales todo dançante! Eu mesma não me acreditava capaz de dançar tanto, mas, ai meu deus, agora não tenho conseguido parar de ouvir os CDs e relembrar todos os momentos lindos e como o vocalista é lindo e como agora tenho uma foto linda com ele, etc, etc, AAAHHH! Eu sei, eu tenho o hábito de exagerar todas as minhas impressões, mas, MEU DEUS, que show foi esse!!!

10 comentários:

Irena disse...

ADOREI o Wally! Primeira coisa que notei ok? E totalmente também achei você e a Luh. Acho que esse é um dos seus melhores desenhos Jana, sério mesmo!

luiza disse...

haha, que desenho fofo! antes eu soubesse desenhar assim *-*
adorei o Wally alí curtindo o show! hahaha :)

adocica disse...

MEUDEUS! Não creio que cê desenhou Móveis!!
É uma das minhas bandas preferidas e cara, juro que tinha um wally no show que eu fui, e que o vocalista ele tava com essa camiseta roxa no show que eu fui.
Será que ele só usa essa?
Será que é uma camiseta da sorte?

Enfim, a banda é mesmo mágica, o show é incrível (definitivamente, o melhor show que eu já fui) e o desenho ficou..perfeito! Sério mesmo.

raquel disse...

acho que foi o melhor show a que eu fui também. aah, eu também nem sabia que era capaz de tanta animação! e o engraçado é que uns dias antes uma das minhas preocupações era como dançar as músicas de um jeito "público", porque a dança que eles me inspiram é do estilo eu-pareço-uma-macaca-por-isso-só-danço-no-meu-quarto, mas na hora tava tudo tão bom e eu tava tão nem aí pro resto da humanindade que dancei do jeito que quis e tenho certeza que pareci mais bêbada que muita gente (mesmo tendo ingerido zero de álcool).
janáina, quando eles voltarem, repetiremos a dose! (só cruze aí os dedos pra que seja depois do vesibular =DD)

gente, o cara da flauta também ganhou meu coração (aliás, é flauta mesmo, né?) devíamos ter batido foto com ele .__.

Paula disse...

Jana,
Nem gosto dessa banda,mas o desenho ficou muito bom,garota! Eu adoro desenhar/pintar, mas não sou boa nisso como vc!
Bjinhos,
Paulinha

Nat ♥ disse...

mas olha! quase nos encontramos então! eu ia, mas acabei não indo! :~

;*

Anna disse...

Você tá mesmo muito elétrica, Jana! Juro que ri muito dos seus milhões de s2 s2 nos comentários. O que te deram nesas viagens, hein? hahaha
Indo para o show, poxa, eu curto muito Móveis, apesar de ouvir pouco. Eles já vieram uma vez aqui, mas tocaram num inferninho e a fulana que vos fala mal saiu das fraldas. Enfim.
Super entendo seu extase, me senti totalmente assim depois do melhor show da minha vida, que foi o do Los Hermanos/Radiohead. Muito amor pra uma noite só.
beijos

Daisy K. disse...

Eita, como se não bastasse me deixar curiosa por twitter, tem seu post agora do show. Ai ai, quero baixar loucamente as músicas que você indicou, mas deixarei isso pra quando estiver no meu pc. :)

Beijooos!!

Daisy K. disse...

respondendo seu comentário... o/

Skip Beat é bem legal porque ele não se concentra no romance mas na história que há. (E as partes engraçadas também!) Por isso que gosto desse mangá. :)

Nem sabia que Sunadokei estava sendo vendido pela Panini (anos que não compro mais mangás), mas acho um romance tão leve que é díficil não gostar e fácil de não enjoar. Mas não dá uma certa ansiedade pra saber o que aconteceu entre os dois (porque logo no ínicio do mangá parece que eles terminaram e tals - não é spoiler, só um comentário xD).

Emi disse...

Eu perdi o fôlego lendo haha Não conseguia parar :X
Nunca ouvi músicas deles, vou baixar e ver se me encanto também :D Será será xD