sábado, 29 de agosto de 2009

Uma grande descoberta

Desde sempre eu admiro a amizade entre garotos, todos aqueles cumprimentos engraçados de bater a mão (que eu me esforço pra fazer por achar o máximo mas que nunca saem naturais), as gírias para se referir um ao outro sem dar importância a nomes, o eterno clima à vontade.
Nunca consegui entender o motivo, e agora, numa turma com apenas 3 garotas, estou é desaprendendo a fazer amizades femininas. Me sinto falsa e mascarada quando tento dar um oi legal. Ou então fica a eterna ansiedade e o eterno nervosismo, de pensar em coisas pra falar e dar risadinhas.
Quando foi anteontem, escovando os dentes na faculdade, tive o meu estalo: a diferença entre meninos e meninas, além da pélvis e da idade mental, é a ida ao banheiro. Aham.
Cada garota tem seu box, aonde faz sua higiene às escuras e depois vai lavar as mãos falando aos cotovelos.
Cada garoto, porém, tem seu mictório, que fica numa fileira de mictórios, e ele é obrigado a dividir um momento que poderia ter sido íntimo se ele não fosse obrigado a dividi-lo com uma fileira de mictórios. E enquanto ele tá lá, sempre rola uma conversinha sobre isso ou sobre aquilo, porque é óbvio que ele não vai ficar só encarando a parede, ô coisa triste.
– Ah, mas eu converso de dentro do box com os meus amigos, ué. Meninas podem fazer isso.
– Quê? Você faz xixi no sanitário? Cadê a felicidade masculina de fazer xixi em público e ao ar livre?
– Os mictórios sempre tão lotados.
– Isso aí, eu também sempre vou pro box.
Fazer xixi em pé e num muro deve ser bom, libertador e certamente incentivador da extroversão, então quem liga se meus amigos tentaram invalidar a minha teoria.

6 comentários:

Denys Fantasma disse...

Sempre vou pra um box também. E quem conversa em mictório? Nunca vi isso, a regra é olhar pra frente e fim.

Jana disse...

ohhhhhhhh, outro estraga-prazeres!

Irena disse...

Ok, sua teoria FAZ SENTIDO, mas se fosse menino ia prum box.
Sinto invejinha da sua sala com apenas 3 meninas. Salas de aula com mais meninos são sempre TÃO mais legais!

Aíla disse...

É, é...na teoria, faz sentido :)

Gabriela disse...

Tenho que confessar que também sinto uma 'invejinha' da amizade masculina!
Vai ver é esse negócio do banheiro mesmo! Vai saber, nunca estive num banheiro masculino... (pelo menos não quando tinha meninos fazendo suas necessidades lá!) hihi :D
Beiijo

Nicas disse...

O bom das exatas é que numca tem fila no banheira feminino! Imagina aquela fila pós-cinema... quilométrica! Fica do banheiro do curso de pedagogia... gigante! Banheira feminino das exatas: o meu tem só UMA cabine e unca precisei esperar pra usar! huahuahua

E sério, depois que comecei a computação não sei mais conversar com menininhas! O.O

Seu blog foi citado numrecapitula que fiz do BlogDay!

Beijos