terça-feira, 1 de setembro de 2009

Quantos anos eu tenho mesmo?

Ontem saí de casa de unhas recém-cortadas, dei uma paradinha na rua para admirar minhas mãos, fiquei felicíssima e parti pra segunda-feira. É sempre um alívio cortar as unhas porque eu me machuco com unhas compridas.
Foi só ter pausa para a professora discursar que olhei pra minha mão e notei uma única unha excepcionalmente não-cortada. A do polegar.
Um garoto se recusou a cortá-la pra mim com minha tesoura de papel sem ponta, veio com papo de que tinha trauma de cortar unhas, que quando era criança a mãe ficava puxando ele para a hora de cortar as unhas e ele sofria, fez caretas, aí deixei pra lá.
Falei com outro menino e ele aceitou tão calmamente, pegou minha mão e ficou lá cortando como se fosse a coisa mais normal do mundo. Não, todos os dias alguma garota me pede para cortar a unha do polegar dela. Eu só me justificando e ele lá, cortando. Fez até questão de puxar minha pele e cortar os cantinhos.
Aí já viu né, me apaixonei.

8 comentários:

Camila Orleans disse...

Você também se machuca com unhas compridas? As minhas não podem ficar muito longas, se não termino me arranhando toda, ou pior: arranhando os outros.

Apaixonei pelo blog, parabéns! ^^

Débora disse...

Aaah, eu gosto de unhas meio grande, mas acho fofas as unhas pequenas, as minhas sempre que deixo crescer quebram, então eu corto logo haha.
Coitado do menino que tem traumas, ele não corta a unha dele não ? #curiosidade
Adorei seu blog :D
Beijos

Ana Lu disse...

Hahaha, adorei. E tadinho do menino do trauma!
^^
Bjoss

Gabriela disse...

Pois eu sempre quero deixar minhas unhas crescerem, mas é um sacrifício, sempre quebram!

*Lusinha* disse...

hihihi Apaixonou?
Prefiro unhas grandes e não deixaria um homem cortá-las para mim, afinal, acho que não tem um que leve jeito com essas coisas. Pelo visto você achou um. ;)
Bjitos!

raquel disse...

ai, eu tô tentando deixar as unhas crescerem, mas tô vendo a hora não conseguir mais resistir ao impulso de roê-las.
janáina da minha vida, não falo contigo desde o fatídico dia da minha-visita-que-não-aconteceu-à-feira-das-profissões. como tu anda? (eu nem era pra mandar isso por comentário, masjá que eu tô aqui, né)

Nicole disse...

Acho unhas compridas lindas! Mas as minhas geralmente estão curtas. E pensei que era só eu que volte e meia cortava elas com tesouras de papel. :D HAHAHA

;*

pamela disse...

Ai eu tbm me machuco com as minhas mto grande.
Que blogger mais fofo.