sexta-feira, 13 de junho de 2008

Depois da tempestade

Enquanto esperava pelo meu ônibus na parada (logo depois de perdê-lo, diga-se de passagem), uma moça deliberadamente se virou pra mim e disse:
- Boa tarde!
Eu respondi e começamos a conversar sobre várias amenidades, incluindo o clima (nada ameno) e as atuais chuvas e os terríveis raios.
Eu sei que não tá escrito na minha testa porque acabei de checar no espelho, mas me pergunto se tem alguma coisa no meu rosto dizendo para a cidade toda que eu adoro quando estranhos puxam conversa comigo (talvez uma pinta?) ou se a moça que era extrovertida mesmo.

4 comentários:

Luh disse...

Nossa, eu adoro também, mas nunca ninguém desconhecido fala comigo. Você tem sorte, Jana!

Bia Estrela ☆ disse...

ja eu,nao gosto!
mas mesmo assim as pessoas puxam!
sajnsainsa

:*

raquel disse...

só puxam conversa comigo aquelas senhoras, que querem dar conselho sobre a vida e coisas assim. mas uma vez, no terminal, uma moça derramou o sorvete de chocolate na roupa, e se lambuzar com sorvete de chocolate é uma dessas coisas que despertam a simpatia.

;*

Irena disse...

Ai, eu também adoro total! Apesar de não acontecer com muita frequencia no meu caso.

P.S.: eu tinha alguma coisa importante pra te contar mas eu esqueci... Ah, espera! Lembrei! Eu totalmente achei a música tema do teu futuro romance! O nome é: "And I Found This Boy" da Maia Hirasawa. Vê se tu aprova. Eu a achei fofa mor!