segunda-feira, 30 de março de 2009

Pelo menos sou jovem de coração

Hoje de manhã eu estava calmamente lendo Os Três Mosqueteiros quando Rosa aparece por trás dizendo que viu um cabelo branco em mim.
– Tira então!
Ela tirou.
– Ih, Jana, olha aqui outro! Valha!
Ela começou a arrancar e outros não pararam de aparecer, e eu consegui praticamente rever minha infância quando eu não parava de ter piolho e era ela quem saía catando.
Foram oito fios ao todo. E, pior, sabe aquela história de que arranca um e nascem dois? Pois é, eu realmente me lembro de ter arrancado quatro nos anos passados!
Hora de deixar meu posto de cética e ir me preparando pros futuros dezesseis.

6 comentários:

*Lusinha* disse...

É, eu ia dizer isso pra você: que ia nascer o dobro. hihihi
Bjitos!

Deborah disse...

ai, que legal! eu devo ser veterana da sua amiga midiáloga! qual o nome dela? vou procurar e dizer que eu leio o blog da amiga dela, hehe

ouvi dizer que essa história realmente é mentira. mas, ahhh, cabelo grisalho é um charme!

Irena disse...

Tem gente que diz que cabelo branco assim é estresse. Ou é genético.
Mas pense bem se você ficar com muitos cabelos brancos você vai ter uma desculpa pra pintar o cabelo!

Luisa disse...

Nunca quero conhecer Rosa, então. Ela vai ficar comentando dos meus cabelos brancos :(
uhahuauhuha

Paula disse...

Pelo que eu sei é genético...seus pais começaram a ter cabelo ranco muito cedo?
Bjos,
Paulinha

Naa disse...

eu não acredito nessa de ranca 1 nasce 2. dezesseis é uma idade óoootema... pior sou eu que vou fazer 21 :( mas fiz 18 e já me deparo com 21.